Serra poderá ficar com Eduardo Campos

1 abr 2013

O ex-governador de São Paulo, José Serra está mesmo disposto a deixar o PSDB. Aguarda tão somente a possibilidade de uma fusão entre dois partidos para que os deputados que se filiarem a essa nova agremiação política, não sofram problemas de perseguição por causa da Lei de Fidelidade Partidária.

Segundo os experts políticos, José Serra pretende levar de 15 a 20 deputados federais para o seu novo partido, que tudo tem a ver com o PPS, atualmente presidido pelo deputado federal Roberto Freire.

O poder de articulação do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, está provado em vários estados brasileiros, e a maior de todas as vitórias que ele espera dessa sua força de articulação, poderá acontecer no Estado de São Paulo com a saída de José Serra dos quadros do PSDB.

Comentários