Sousense e presidente do Treze morre em hospital de Campina Grande

2 mar 2017

petronio gadelha

Uma notícia triste para o futebol paraibano e que pegou a torcida do Treze de surpresa. O presidente do Treze Futebol Clube, o sousense Petrônio Gadelha de 66 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (2), no Hospital Santa Clara, em Campina Grande.

O engenheiro foi vítima de um infarto e deu entrada na unidade hospitalar ainda na noite da quarta-feira (1º), mas não resistiu e faleceu. Um Boletim médico divulgado nesta quinta-feira (02) pela Clínica Santa Clara, , confirmou nas primeiras horas da manhã o falecimento o engenheiro Petrônio Gadelha.

De acordo com informações repassadas pelo diretor de futebol do Treze, o velório de Petrônio Gadelha está marcado para acontecer às 8h, no Parque Campo Santo da Paz, na Avenida Assis Chateaubriand, no bairro Velame.

Petrônio Gadelha estava a frente do Treze desde novembro de 2015, quando substituiu Bebeto Silva, que renunciou ao cargo. Ele foi reeleito em 2016 e deveria ficar a frente do Galo até o fim de 2018.

Com a morte de Petrônio, quem assume o comando do Galo é Hênio Galdino.

A morte de Petrônio ilutou o futebol paraibano. Na manhã de hoje, o Campinense divulgou nota de pesar em suas redes sociais. O presidente William Simões decretou luto em homenagem ao grande desportista paraibano, diz a nota.

Diário do Sertão

Comentários