Teu olhar

16 fev 2013

Esse teu olhar,
Que me inebria,
Alimenta-me para o dia,
Para, à noite, me achegar…
Esses olhos, tais quais seios,
Satisfazem aos anseios
Dos desejos de te ver,
D’eu ter fome e comer,
Dia e noite dos meus dias,
A alegria do prazer.
Não sei se sentirias
Teu olhar nessa visão,
Exigindo, sem saber,
Esforçar meu coração
Ao olhar que me inebria.

Damião Ramos Cavalcanti

Comentários