Treze vence a segunda partida com o técnico Vica e dá liderança para o Auto

1 abr 2013

Tiago Chulapa resolve, assume artilharia isolada e coloca o Treze na terceira posição do Campeonato Paraibano. Já o Sousa perde invencibilidade

O Treze venceu a segunda na Era Vica. Depois de uma atuação arrasadora contra o Campinense, o Galo fez uma partida bem mais econômica na tarde deste domingo, contra o Sousa. Ainda assim, foi taticamente impecável para vencer o ex-líder da segunda fase por 2 a 0, com gols de Tiago Chulapa e Birungueta. O resultado acabou beneficiando o Auto Esporte, que termina a quinta rodada na ponta do Campeonato Paraibano, com 12 pontos.

A partida entre o Treze e o Sousa pela quinta rodada do Campeonato Paraibano começou morna. As duas equipes estavam com medo de atacar e seguraram as suas equipes durante bom tempo no meio de campo. O Alvinegro, no entanto, decidiu arriscar e saiu com a vitória por 2 a 0 em uma partida concentrada no meio de campo. O jogo foi realizado no Estádio Presidente Vargas, neste domingo.

O jogo começou devagar para as duas equipes. Apesar de estarem com formações ofensivas, ambas decidiram não arriscar e boa parte do primeiro tempo aconteceu no meio do campo. O primeiro lance perigoso veio com Daniel Costa aos 13 minutos. O meia decidiu arriscar de longe e viu sua bola bater na trave, deixando o goleiro do Sousa, Hudson, apenas torcendo para que não entrasse. Após a primeira tentativa, o Alvinegro começou a se soltar mais no jogou e investir com o trio Daniel Costa, Chulapa e Téssio.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Chulapa recebeu bola de Charles Wagner e tocou para o meia Daniel Costa que, de primeira, deixou Téssio de frente com Hudson. O chute saiu raspando o travessão.

Com a pressão do Treze, o Sousa conseguiu encontrar alguns espaços, mas não conseguiu encontrar a mira correta. Aproveitando um contra-ataque, o time avançou com Jailton pela direita e chutou forte a bola que passou rente ao travessão do goleiro Gilberto.

O domingo era do meia Daniel Costa. Jogando pela direita, o meia não tomou conhecimento da zaga do Sousa e saiu puxando dois jogadores até cruzar para Chulapa que subiu sozinho
e cabeceou para comemorar o seu 11º gol no Campeonato Paraibano.

Segundo tempo com gol no final

A segunda etapa no Presidente Vargas foi bem agitado. O ataque do Sousa começou a calibrar o pé e exigir do goleiro Gilberto, enquanto o Treze continuava pressionando o goleiro Hudson pelas pontas com Daniel Costa e Téssio.

Aos 6 minutos, Márcio Tarrafas pediu a bola e lançou para Toninho que não deixou a bola parar e chutou em direção ao gol de Gilberto que tirou as bolas com os dedos. O Sousa continuou tentando com Márcio que não estava em noite inspirada e não conseguiu mirar no gol.

Após as primeiras tentativas do Sousa, o Treze acordou para a partida e aproveitou a necessidade do Dinossauro de atacar para finalizar o jogo. Após tentar com Daniel Costa pela direita e Téssio pela esquerda, o Alvinegro decidiu investir nos lançamentos para tentar marcar o segundo gol.

Com a entrada de Mazinho e Birungueta, o time ficou mais rápido e soube aproveitar os lances para finalizar a partida. Aos 47 do segundo tempo, Mazinho arrancou pela direita do campo e lançou para Birungueta que só precisou tirar o goleiro Hudson e correr para comemorar.

Após o segundo gol, o Sousa nada pode fazer para evitar a derrota. Nesse momento, o Dinossauro ocupa a segunda posição e continua se classificando para a próxima fase.

O próximo desafio do Treze vai ser contra o CSP no Estádio Presidente Vargas. Já o Sousa pega o Campinense buscando recuperar a liderança do Campeonato Paraibano, no Marizão. Os dois jogos acontecem no próximo domingo.

Do GLOBOESPORTE.COM
Campina Grande

Comentários