UERN lança campanha de Prevenção ao Assédio Moral e Sexual

17 maio 2018

A Ouvidoria da UERN e a Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis (PRORHAE) lançaram, na noite desta quarta-feira (16), a campanha de Prevenção ao Assédio Moral e Sexual, que busca orientar alunos, técnicos e professores sobre as ações que caracterizam esse tipo de prática e informar sobre os canais de que a comunidade acadêmica dispõe para tirar dúvidas e realizar denúncias.

O lançamento da campanha aconteceu no auditório da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC), com participação expressiva de servidores da Universidade e de estudantes de vários cursos.

“Essa campanha é um primeiro passo pra gente saber que tem alguma proteção, que podemos falar e não sermos intimidadas. É uma ação muito importante pra que a gente, principalmente as mulheres, saiba a quem recorrer”, destacou a aluna Maria José Ângela, do Curso de Letras do Campus Central.

Segundo a estudante, o receio de represálias é um dos principais motivos para que alunos deixem de denunciar casos de assédio ocorridos na Universidade. A opinião é partilhada pelo graduando Pablo Oliveira, também do curso de Letras, que elogiou a iniciativa.

“A gente vê assédio em todos os lugares, e na Universidade acontece também. Muitos alunos se calam por algum medo, por conta da autoridade dos professores, por exemplo. Mas hoje as pessoas estão mais ativas e buscando mais os direitos. Por isso um evento como essa campanha é um divisor de águas e abre mais portas para ações desse tipo”, comentou Pablo.

Conforme o ouvidor da UERN, o professor Mademerson da Costa, a campanha educativa se estende a toda a comunidade acadêmica e prevê visitas aos campi da Universidade, onde serão reforçados o papel da ouvidoria e os objetivos da campanha.

Também presente ao lançamento, o pró-reitor de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis da UERN, o professor David Leite, salientou que o canal de comunicação com a ouvidoria não se resume à realização de reclamações, mas também pode ser utilizado para esclarecer dúvidas ou buscar orientações. “Você só pode evitar e combater aquilo que você conhece”, apontou.

O lançamento da campanha contou também com uma palestra proferida pelo professor e presidente da Comissão de Ética da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), José Albenes Bezerra Júnior, que falou a respeito das ações que caracterizam o assédio e apresentou alguns dos exemplos mais frequentes da prática.

Para Albenes Júnior, um dos benefícios da campanha é fomentar as discussões sobre assédio em diferentes espaços no âmbito acadêmico.

“Essa ação é um pontapé para que as pessoas possam dialogar sobre esses assuntos sem que se precise sair dos muros da Universidade, encontrando soluções de qualidade. Às vezes se passa a sensação de que buscar uma solução por outra via, como a judicial, vai trazer determinado resultado, quando muitas vezes isso só ameniza ou até acentua no futuro alguns conflitos”, frisou.

Como denunciar

As dúvidas, reclamações e denúncias podem ser feitas pessoalmente na ouvidoria da UERN, localizada no prédio da Reitoria, ou pela internet, através da página da ouvidoria.

FONTE: http://portal.uern.br/blog/uern-lanca-campanha-de-prevencao-ao-assedio-moral-e-sexual/

Comentários